Martin Schmid

Zug, Suíça. 1694–1763

Missionário suíço com inúmeros conhecimentos e qualidades, o Padre Martin Schmid ensinou tecelagem, pintura, desenho e fabricação de instrumentos musicais aos índios brasileiros.

 

Natural da cidade de Zug, Padre Schmid foi responsável pela fabricação do primeiro órgão nas missões, foi ele quem soou os primeiros sinos e mostrou ainda suas qualidades como relojoeiro e construtor.

 

O missionário suíço também era geógrafo e astrônomo e, uma vez no Brasil, encomendou da Europa um telescópio e outros instrumentos de astronomia, com o objetivo de fazer suas observações.

 

Assim como fizeram outros jesuítas que vieram ao Brasil, Padre Martin Schmid foi um exemplo de como era possível divulgar a cultura cristã entre os nativos sem, no entanto, ferir sua própria cultura e tradição.

Voltar